SIMPLEX DURA LEX

Esta é a Advogada Carla Braguez, Licenciada em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Pós Graduação em Direito Imobiliário, pela Universidade Autónoma de Lisboa.

Mentiu descaradamente em Tribunal a soldo do Banco BPI S.A.

[https://obancoeabolha.com/artigo12dudh]

Acusou o cidadão sem prova nem fundamento para garantir os “interesses financeiros” do banqueiro mais bem pago de Portugal, que à época tinha como accionista de referência a mulher mais rica de África.


Acusou ainda o cidadão de ter causado elevado prejuízo e de ter impossibilitado o Banco BPI S.A. de obter “qualquer rendimento”, de um duplex de 270m2 que adquirira “em negociação particular”, por metade do seu valor de mercado, através do sucateiro Amílcar Santos, com o conluio da Agente de Execução Alexandra Gomes.

Apesar das suas falsas declarações e de seu acto difamatório, obteve parecer jurídico favorável. O Juiz N.º 2 do processo executivo simplex não duvidou de suas falsas acusações, nem indagou acerca das mesmas.

O executado, vítima de sucessivas crises financeiras e políticas, foi tratado como uma espécie de “anátema”, como se fosse um subprime, um criminoso ou um especialista em fraudes bancárias.

A Advogada Carla Braguez é que é de facto uma “especialista”. Uma mercenária.

A tentativa do cidadão de salvaguardar a cidadania [os bons costumes e a boa-fé] e a sua dignidade [apresentação de queixa formal por falsas declarações e acto difamatório], terminou numa “vicissitude de inviabilidade de acção”, cujo conteúdo é “sigiloso”, emitida por uma Vogal da Ordem dos Advogados do Conselho de Almada e sustentada pelo Conselho de Lisboa da Ordem dos Advogados.

É assim que funciona a pseudojustiça do processo executivo simplex.

É simplex mesmo.

Será esta uma “prática comum”, nos meandros da “execução simplex”, em que o executado nem sequer é ouvido ?

Será uma prática comum, destes advogados de elevado gabarito?
https://www.gpasa.pt/pt/equipa/associados-coordenadores/Carla-Braguez/65/

_____________________

Álvaro de Mendonça, Arquitecto Urbanista do processo executivo simplex.

Uma opinião sobre “SIMPLEX DURA LEX”

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.