“É a Justiça que aqui nos trás”

Screenshot 2023-01-13 – Abertura do Ano Judicial 2023 – Ordem dos Advogados

Tomando por suas as palavras da recentemente eleita Bastonária da Ordem dos Advogados, Drª Fernanda de Almeida Pinheiro, aquando discursava na cerimónia de Abertura do Ano Judicial de 2023, no passado dia 10 de Janeiro, no Salão Nobre do Supremo Tribunal de Justiça, é a Justiça o que aqui trás o Cidadão.

Quando o Cidadão procurou defender a sua honra e dignidade junto dos agentes dessa Justiça distante, viu-se “despojado dos mais básicos direitos constitucionais de acesso à Justiça”, através duma cega “vicissitude de inviabilidade de acção”, cujo conteúdo é sigiloso, sustentada pela Ordem dos Advogados, em nome de mercenários, ao serviço de poderosas instituições financeiras.

Para o Cidadão, seja qual for a eventual resposta real da Justiça, é demasiado tarde: — A sua vida privada foi vituperada por uma inobservância surda da cidadania, dos bons costumes e dos seus direitos fundamentais.

Vem então o cidadão vituperado remeter-vos de novo o COMUNICADO AO BASTONÁRIO DA ORDEM DOS ADVOGADOS, para que V. Exª entenda de forma clara o que o obrigou à prática da Denúncia Pública daquilo que considera ser uma vergonha para a Ordem dos Advogados, para os Tribunais e para a Justiça em Portugal.

O cidadão aproveita esta ocasião para desejar a V. Exª um digno mandato enquanto Bastonária da Ordem dos Advogados.

Álvaro de Mendonça,
Membro Fundador da all4Integrity.org

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.